4 dicas para construir autoridade digital!

Por Lucas Rufino, | Categoria: Marketing Digital

O comportamento do consumidor mudou consideravelmente com o surgimento da internet. Por isso, ser considerado uma autoridade digital hoje gera diversos benefícios para o seu negócio.

Quer ser encontrado com facilidade na internet e passar garantir a credibilidade da sua marca no mercado? Veja nossas 4 dicas para conquistar o perfil de autoridade digital!

1. Conheça o seu público-alvo

Imagine um profissional que foi convidado para uma entrevista em um programa de TV. Ele não será considerado competente se não souber tirar as dúvidas da audiência ou passar informações relevantes ao tema que está sendo abordado, certo?

O mesmo vale para a sua empresa. Você sabe quais são os problemas, os objetivos e as necessidades do seu público-alvo? Ter autoridade, nesse caso, é a mesma coisa que ser um expert no assunto!

Para que uma empresa seja reconhecida como autoridade digital, ela precisa ter respostas e conselhos relacionados aos itens já mencionados acima: problemas (dores), objetivos e necessidades dos clientes.

Entender esses três pontos permite que a empresa adote uma comunicação extremamente atraente para o público, seja na redes sociais, no blog ou até mesmo na descrição de produtos em uma loja virtual.

2. Invista na produção de conteúdos

Se o primeiro passo é entender como se comunicar com o público, o segundo é realizar essa comunicação.

Uma boa opção é investir na produção de conteúdos: textos e vídeos informativos respondem às questões mencionadas acima. Uma loja de produtos esportivos pode fazer textos como:

  • “10 melhores tênis para caminhadas”, que indica a necessidade de um produto;
  • “5 exercícios para definir a barriga”, que ajuda o cliente a alcançar um objetivo;
  • “Por que você não está ganhando massa muscular?”, que mostra a solução para um problema.

Esses conteúdos podem ser ligados a algum tipo de produto digital ou treinamento gratuito para que sua empresa estabeleça uma conexão com o público antes de fazer uma oferta.

Em alguns casos, claro, não há problema algum em fazer a oferta dos produtos logo de cara, como no conteúdo sobre os tênis de caminhada — já que você está analisando produtos para mostrar ao consumidor qual seria o item mais indicado a ele.

Produzir conteúdos é vital para se posicionar como autoridade digital por alguns motivos:

  • trabalhar com conteúdos é a melhor forma de ser encontrado pelo público que faz pesquisas no Google sem que você precise contratar anúncios online. Chamamos isso de tráfego orgânico;
  • conteúdos são compartilhados em redes sociais com mais frequência em relação a links de produtos e serviços;
  • sua empresa será vista como expert naquele assunto, ou seja, ganhará credibilidade.

Como você deve ter notado, existe toda uma lógica por trás da produção de conteúdo que é fundamental para que essa estratégia gere resultados.

3. Saiba em qual plataforma você deve estar

Enquanto o canal do YouTube pode ser criado com alguns cliques, um blog precisa da ajuda de um profissional para ser desenvolvido.

Mesmo assim, blogs são mais comuns quando falamos sobre criar autoridade digital. Isso porque manter a produção de conteúdos em vídeo acaba sendo muito complicado para a maioria das empresas.

Conteúdos no formato de texto, por exemplo, podem ser feitos por um redator que tenha recebido as devidas orientações. Vídeos precisam de uma abordagem mais pessoal e seria necessário escolher alguém para ser a cara ou a voz do negócio.

Independentemente da plataforma que você escolher, certifique-se de adotar os procedimentos de SEO adequados, isto é, de usar técnicas de posicionamento de conteúdo nos primeiros resultados de pesquisa do Google (ou do YouTube).

4. Aposte nas redes sociais

Estar presente nas redes sociais não é obrigatório, ou seja, você pode construir sua autoridade apenas com um blog ou com um canal no YouTube.

O ponto é que ter um perfil ou uma página em plataformas como Facebook, Instagram ou Twitter pode ajudar a sua empresa a expandir o alcance dos seus conteúdos ou até mesmo de promoções, eventos e ações.

Em certos casos, uma conta no LinkedIn pode até ser mais indicada para isso. Veja o que a concorrência está fazendo e analise se a sua empresa se enquadra no perfil da rede social em questão.

Destacar-se como autoridade digital leva tempo e requer um grande comprometimento. Quer mais dicas para saber como trilhar esse caminho? Então assine a nossa newsletter!