5 dicas para aumentar a visibilidade online da sua empresa

Por Luiz Fernando, | Categoria: Marketing Digital, Vendas

Na sua opinião, a empresa que não está na internet não existe? Generalizando, a resposta é: não mesmo! Afinal, hoje em dia, antes de comprar um produto ou contratar um serviço, você não procura na internet? Seja pesquisando por um carro, referências sobre um consultório odontológico ou na busca de restaurantes por especialidade/localidade etc. Pois então. Daí a importância da presença digital da sua empresa e da visibilidade online para a construção ou fortalecimento da marca, produto ou serviço, gerando novas oportunidades de negócios e, consequentemente, aumentando as vendas.

A seguir, daremos 5 dicas para aumentar a visibilidade online do seu negócio e atrair seu cliente em potencial. Confira!

Primeiro passo: planeje a visibilidade online

Defina o seu objetivo e planeje quais ações pretende fazer e em quais meios. Defina como será a comunicação da sua empresa com o público-alvo. Coloque tudo no papel e, a partir disso, foque no principal: conhecer a fundo quem é seu público-alvo.

Estude o público-alvo

Por exemplo, se sua empresa produz tênis de corrida, é fundamental conhecer os hábitos dos consumidores deste tipo de produto. São atletas que correm na academia ou na rua? Qual a faixa etária? Este público está disposto a pagar o preço do seu produto? Eles correm eventualmente ou são atletas disciplinados? Compram tênis com que frequência?

Entre outras tantas questões que só podem ser respondidas a partir do estudo do perfil do seu cliente em potencial e da criação da persona. É a partir daí que você saberá com quem falará.

Construa “a presença digital”

O site ou blog são os pilares da presença digital e também a base para promover a visibilidade online. Portanto, assegure-se de que o site ou blog da sua empresa seja estruturado, atraente e, principalmente, responsivo, pois é pra lá que seus clientes em potencial serão direcionados e, como você já deve saber, a primeira impressão é a que fica.

Dica: aplique estratégias de SEO para garantir presença nos resultados dos mecanismos de buscas. Lembra-se da pergunta do início?

Ofereça conteúdo relevante

Uma vez que todas as questões foram definidas, é preciso alimentar o público-alvo com conteúdo rico. Usando o exemplo do tênis de corrida, ofereça material relevante, como: “A importância da escolha do calçado de corrida para a saúde”, “Saiba o que fazer para prevenir cãibras” e por aí vai. O conteúdo é rei e é ele que vai atrair, engajar, encantar e fidelizar o cliente.

Agora apareça!

Distribua esse conteúdo rico nas redes sociais da empresa e também por e-mail marketing. Mas calma lá! São canais distintos e, portanto, a abordagem também deve ser. Começando pelas redes sociais, esteja presente — senão em todas — ao menos nas principais redes em que o seu público certamente está, como Facebook, Twitter, YouTube, LinkedIn e Instagram. As redes sociais são um ótimo meio para aumentar a visibilidade online, pois, além de atrair, têm um alcance espantoso e audiência crescente dia após dia.

Procure distribuir o conteúdo em conformidade com as características de cada rede social. Atenção também à linguagem que se comunica com o seu cliente. A maioria das redes sociais pede uma linguagem mais informal e próxima do cliente. Seja como for, trate todos com respeito e nunca deixe de responder a uma dúvida, crítica ou sugestão. Dê atenção especial às reclamações, pois, as redes sociais são o SAC 2.0 e dão voz ao cliente que, na internet, não pensa duas vezes em botar a boca no trombone!

Sobre o e-mail marketing, essa poderosa ferramenta de relacionamento com o cliente, use-o com sabedoria. Primeiramente: não compre lista de e-mail! Essa prática não condiz com a metodologia Inbound Marketing. Primeiro porque você enviará material sem permissão, o que pode provocar antipatia imediata pela empresa e, segundo, porque não sabe se o receptor deseja ler o seu conteúdo e, principalmente, se está interessado nele.

Sendo assim, procure outros meios de conseguir o e-mail do seu cliente em potencial, como assinando a newsletter, fornecimento dos dados em troca de e-book, white papers etc.

E, por falar em newsletter, você já é assinante da nossa? Ainda não? Então, assine agora e receba outras dicas como essa, além de novidades e atualizações do site.