Como fazer branding para PMEs?

Por Andrei W. Müller, | Categoria: Branding

Antes de falarmos sobre como fazer branding, é importante levantarmos duas questões. O que faz com que uma marca esteja mais presente na mente das pessoas do que outra? Por que acreditamos que uma marca é sensacional se o seu produto ou serviço é tão bom quanto o dos concorrentes diretos? A resposta está na afirmação do designer de marca alemão Walter Landor: Os produtos são criados na fábrica. As marcas são criadas na mente.”

Partindo dessa premissa, fica evidente a necessidade da gestão de branding para PMEs, objetivando tornar o seu produto ou serviço único, especial, diferenciado e melhor do que o do concorrente.

A seguir, trataremos de como ele pode ser aplicado no seu negócio, impactando nas vendas e resultando no crescimento. Confira!

A marca é tudo o que ela representa

Para definir o que é uma marca, não é possível isolar os elementos que a compõem, justamente porque marca é todo o conjunto que a envolve. Não só o logotipo ou slogan, site, custo de venda, cores, função para a qual foi desenvolvida, etc. A marca é tudo isso somado ao valor que ela agrega e como é representada.

Ou seja, o conjunto de elementos de uma marca é diretamente impactado pela percepção que os consumidores têm dela. E é justamente essa percepção que o branding trabalha na mente das pessoas.

Branding de dentro para fora

Esse trabalho de branding para PMEs começa com os colaboradores, parceiros, colegas e todas as pessoas que estejam direta ou indiretamente envolvidas no processo de construção da marca. Primeiramente porque são eles — os que estão próximos — que deverão acreditar no conceito que será transmitido, pois serão os primeiros embaixadores da sua marca.

Trabalho interno

É preciso certificar-se se alguns pontos estão perfeitamente alinhados junto à equipe:

  • Conhecimento da marca: o quanto ela conhece dos valores e objetivos.
  • Comprometimento: o quanto a empresa está comprometida com o que defende.
  • Proteção da marca: o quanto está protegida nos diversos âmbitos.
  • Capacidade de adaptação: o quanto é adaptável ao mercado atual.

O branding para PMEs trabalha inclusive nos bastidores da empresa e na forma como administra os funcionários, incluindo o modo como falam, se vestem, atendem o telefone, etc. Ele está envolvido na cultura da empresa.

Trabalho externo

Está diretamente ligado à percepção da marca e envolve os seguintes elementos:

  • Relevância: necessariamente deverá promover mudança na vida das pessoas.
  • Autenticidade: sua marca precisa ter valores legítimos.
  • Diferencial: distinção da concorrência.
  • Presença: precisa estar presente em todos os canais relevantes.
  • Consistência: atende as expectativas do que foi prometido/vendido.
  • Entendimento: por que a marca veio para o mercado.

Ao conhecerem a alma da marca, entenderão que não é somente mais uma sendo lançada no mercado, mas A marca. E que foi criada com o propósito X e compromisso Y, tendo a missão de transmitir o conceito de desenvolvimento, a história que pretende trilhar, sobretudo com transparência – benefícios que foram pensados para o cliente final e, principalmente, porque a sua marca é diferente.

Quanto vale uma marca?

Isso é muito subjetivo e está intimamente ligado à percepção que o consumidor construiu em torno dela. Exemplificando: a Coca-Cola é mundialmente conhecida e inegavelmente amada porque vende refrigerante de cola? Não! A Coca-Cola vende o conceito de compartilhar a felicidade. Ela faz parte das marcas mais valiosas do mercado, por tudo o que construiu ao longo dos anos e pelo que está enraizado na mente dos consumidores.

O branding para PMEs preserva o DNA da marca

Algumas coisas podem mudar ao longo do tempo, como ações de marketing sazonais, a evolução no formato de comunicação com o cliente, modernização do design, etc. Mas o DNA da marca, incutido na mensagem que ela transmite, deve permanecer o mesmo para garantir a consistência do que ela representa.

Trabalhar e preservar o conceito do branding aplicado trará benefícios consistentes em longo prazo, pois deixará claro para o consumidor quem você é e também reafirmará a mensagem da sua marca em cada campanha, sendo essa a melhor forma de realizar um trabalho efetivo na criação da marca na mente do consumidor.

A sua empresa já faz esse trabalho? Deixe seus comentários aqui no blog e compartilhe a sua experiência!