Os benefícios da aplicação de branding para pequenas empresas

Por Andrei W. Müller, | Categoria: Branding

Em geral, quando pensamos em branding, logo fazemos uma associação às grandes marcas já consolidadas no mercado. Mas engana-se quem pensa que esse assunto é exclusividade dos maiores: o branding para pequenas empresas é também muito importante.

Se considerarmos que vivemos, hoje, no ponto mais alto da globalização e da era digital, a opção de não investir em branding é injustificável. Os empreendimentos disputam a atenção dos consumidores — que agora têm várias maneiras de conhecer possibilidades para seus desejos e necessidades de consumo — cada vez mais.

Pensando nisso, preparamos este post para que você entenda o branding para pequenas empresas. Continue nos acompanhando e confira conceitos e dicas fundamentais!

O conceito de branding e design

Para compreender o que é branding, precisamos conversar sobre qual é o motivo para que as empresas tenham uma marca.

A marca é a promessa da empresa para o seu cliente. Ela diz o que ele pode esperar de seus serviços e produtos, e como as suas ofertas se distinguem de seus concorrentes.

O branding, por sua vez, é o gerenciamento do valor percebido de sua marca. Podemos dizer que é o conjunto de técnicas ou práticas utilizadas para sua construção e o seu fortalecimento. Esse gerenciamento não é um processo fácil, e deve ser feito em conjunto com uma equipe de designers.

O design, por sua vez, contribui para a construção visual de uma marca diferenciada, aprimorando os produtos ou embalagens e podendo, inclusive, melhorar o desempenho dos serviços.

Esses processos podem abranger a criação de uma nova marca, sua administração ou o reposicionamento de marcas que já existem — e passam por dificuldades.

A importância do branding para pequenas empresas

A marca, na mente do público, é o que os distingue uma empresa de seus concorrentes. Seu reconhecimento, portanto, é essencial — visto que um cliente não pode comprar seu produto ou serviço se ele não consegue se recordar de quem você é, ou como encontrá-lo.

Os melhores empreendimentos são aqueles cujas marcas são simples e imediatamente reconhecíveis. Além disso, uma marca consistente agrega valor ao negócio. Ou seja, permite cobrar mais do que um concorrente que ofereça os mesmos tipos de produtos ou serviços.

Os benefícios da aplicação de branding para pequenas empresas

Quanto mais cedo você começar a pensar em branding, melhor para os seus negócios. Veja abaixo como — e o porquê disso:

Crie uma identidade própria

Assimile as particularidades do seu negócio e use isso a seu favor. Mostre para o público quais são os seus diferenciais e saiba mantê-los sempre que entregar seu produto ou serviço: isso agrada o consumidor, ajudando a fidelizá-lo.

Defina claramente o seu objetivo de marca

Entenda aonde quer chegar e saiba de quais valores você não abre mão. Sintetize tudo isso em sua identidade visual, ajudando a mandar o seu recado para os clientes.

Seja multi-sensorial: alcance os cinco sentidos do seu consumidor. Quanto mais sentidos você explorar, maiores as chances de que a sua mensagem seja absorvida pela mente do seu comprador-alvo.

Use o design como estratégia de marketing de sua empresa

A gestão de design pode fazer com que seu produto pareça tecnicamente melhor que o produto do seu concorrente. Isso pode demonstrar qualidade, dar credibilidade e, claro, cativar o consumidor.

Como aplicar branding para pequenas empresas

Contrate um especialista

Muitas pessoas ainda são seguidoras do “faça você mesmo”. Mas o profissional em branding ajudará você a definir a estratégia da sua marca e fará com que você economize bastante tempo e dinheiro com ações de marketing que não levarão a lugar algum — o que poderia acontecer caso você estivesse trabalhando sozinho.

Esteja presente nas redes sociais

Com a devida estratégia já traçada, é possível ser muito mais presente — e relevante! — nas mídias sociais. Elas são de fácil acesso e, normalmente, trazem ótimos resultados. Mas não se engane: isso requer cuidado e estratégia.

Deixe os clientes conhecerem você

Várias pessoas fidelizam-se a determinados empreendimentos por conhecerem e confiarem em seus donos. Isso é ainda mais consistente quando falamos de pequenas empresas em pequenas cidades: exponha quem você é e utilize a sua boa reputação para alavancar a sua empresa.

Use a sua criatividade

Você pode usar um sinal bem criativo naquela comunicação tradicional. Faça um brainstorm com a sua equipe e encontre maneiras engenhosas de chamar a atenção. No entanto, cuidado para não exagerar na dose — tudo deve ser bem coerente com a sua estratégia pré-estabelecida. Seja bem cauteloso para não ter um tom incoerente.

Gerencie todos os pontos de contato com os clientes

Talvez essa seja a dica mais importante: jamais se esqueça de que uma reputação tem a ver com consistência e harmonia. Por isso, toda a experiência do consumidor com o seu empreendimento deve estar em total sintonia. Uma experiência é bem mais globalizada, emocional, completa, abrangente e transformadora do que um simples serviço.

Invista em sua marca

O seu negócio precisa ser reconhecido. Tenha uma linha de comunicação uniformizada e alinhada com o seu empreendimento. Dessa forma, sua marca se torna mais forte e pode diferenciá-la da concorrência — mas são precisos investimentos para isso.

Vá além da entrega

Crie para o seu cliente uma experiência que realmente vá além das expectativas: torne o seu atendimento mais educado e qualificado, saiba apresentar bem o seu produto e crie um espaço de troca com o seu cliente. Afinal, mantê-lo satisfeito é a sua maior meta.

A importância de um bom design

Empreendimentos que criam uma identidade de marca coesa e distinta tendem a ter maior simpatia no mercado, incorporando mais valor aos seus produtos ou serviços. O design é responsável por essa presença.

Brigitte Borja de Mozota afirma que “há design gráfico no nome e no símbolo da marca, design de produto no desempenho do produto, design de embalagem no produto de promoção e design ambiental na loja”.

Tente se diferenciar a partir da gestão de design, sempre evidenciando o posicionamento da sua marca — por elementos de cor, tipografia, produtos ou embalagens. Isso será fundamental para que o valor percebido de seu negócio seja superior ao de seu concorrente.

Fernando Leira, gerente-geral da Landor de São Paulo, também tem uma excelente orientação: “A importância da marca é crítica para as pequenas empresas. Sem ela, você depende apenas de qualidade e preço para vender. Mas se conseguir criar uma identidade e um estilo, vai chegar a mais pessoas — e poder cobrar um valor maior”.

Portanto, não deixe de investir em branding e design, e lembre-se: o retorno só virá a longo prazo, mas o investimento valerá a pena.

E aí, gostou do nosso post sobre os benefícios da aplicação de branding para pequenas empresas? Então siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de muito mais conteúdos!