5 dicas para incorporar a automação de marketing e vendas

Por Andrei W. Müller, | Categoria: Marketing Digital

A automação de marketing e vendas é um recurso de imenso valor na geração de melhores resultados. Esse processo consiste em automatizar determinadas etapas existentes na relação entre empresa e consumidor e no aumento da capacidade de captar novos clientes.

Com a otimização desses processos operacionais, ganha-se produtividade, capacidade de personalização e uma margem maior para analisar os resultados obtidos. Tudo isso beneficia a criação de campanhas e ações tornando-as cada vez melhores.

Porém, incorporar a automação de marketing e vendas na sua empresa exige seguir alguns passos para que, dessa forma, seja possível tirar o máximo de proveito do recurso. Portanto, confira abaixo 4 dicas fundamentais para colocar isso em prática!

1. Definir uma estratégia

É importante definir uma estratégia do sistema de automação, o que exige a criação de um planejamento que pode conter ações de curto prazo, mas que foque especialmente nos resultados a médio e longo prazo.

Como é uma ferramenta nova e que exige adaptação, é complexo imaginar atingir todos os objetivos possíveis logo de cara. Portanto, é necessário dividi-los em etapas e seguir isso à risca.

Vale lembrar que, dentro do funil de vendas, existe a etapa de educar o cliente em relação ao seu produto. A automação de marketing e vendas ajuda muito nesse sentido por otimizar o processo e torná-lo mais rápido, porém é preciso ter cuidado para não ser agressivo demais tanto nessa etapa quanto na seguinte.

O foco da automação vai além de otimizar processos, é preciso pensar no cliente e na geração de uma experiência valorosa para ele. Por isso, uma campanha precisa ser bem estruturada, o que demanda a constante análise e a realização dos ajustes necessários para mantê-la em alto nível.

2. Personalizar as ações

Personalizar as ações é uma necessidade dentro da automação de marketing e vendas. Cada lead possui as suas características mesmo que esteja dentro do perfil geral de cliente ideal definido na elaboração da persona, e por isso, é essencial adaptar as ações.

Como toda etapa do funil exige que haja interação, essa personalização ganha ainda mais força. Essa relação pode ser feita de várias formas, mas a principal é criar conteúdos personalizados e, a partir disso, utilizar a automação para disponibilizá-los aos usuários.

Se pegarmos o início do funil, por exemplo, o foco é atrair o lead para as etapas posteriores, o que torna necessário a criação de um elemento que seja valoroso para ele, como uma série de vídeos ou um e-book.

Após a definição de qual é a melhor isca digital, é possível utilizar a automação para fazer o envio desses conteúdo — e isso deve ser mantido nas etapas seguintes. Dessa maneira, obtém-se algo de imenso valor: a confiança do cliente, elemento fundamental para gerar mais vendas e também no posterior processo de fidelização.

3. Escolher uma boa plataforma

Escolher uma boa plataforma é essencial para criar uma estratégia sólida de automação de marketing e vendas. Existem diversas no mercado e a escolha deve se basear em critérios técnicos, quantidade de recursos disponíveis e, principalmente, nos objetivos que você deseja atingir.

A plataforma X pode ter sido boa para a empresa Y, mas isso não quer dizer que ela será a melhor opção para o seu negócio. Logo, não há outra saída a não a ser realizar uma grande pesquisa para mapear os principais veículos, entender as funcionalidades de cada um e, assim, fazer a escolha mais adequada.

Nessa pesquisa, é recomendado, inclusive, entrar em contato com as empresas fornecedoras e tirar as dúvidas existentes, além de verificar a existência de planos de contratação mais adequados à sua realidade financeira.

Todas essas etapas são importantes, afinal uma escolha errada pode comprometer o processo como um todo, fazendo com que você usufrua dos benefícios da automação em um nível abaixo do esperado.

4. Elaborar um fluxo de automação

É fundamental elaborar um fluxo de automação de marketing e vendas e, dentro dessa necessidade, está a capacidade de escolher as ferramentas adequadas para que a estratégia ocorra de forma favorável.

Suponhamos que a sua empresa tenha definido o uso do e-mail marketing como principal estratégia para entregar conteúdos aos leads. Diante disso, é necessário definir um fluxo de envio, o qual deve ser focado na etapa do funil em que esse potencial consumidor se encontra.

Se a busca é por oferecer um determinado produto, é preciso definir o fluxo do envio de um número determinado — 3 ou 4, por exemplo — de conteúdos informativos/educacionais até o posterior envio da oferta em si.

A definição do fluxo também é essencial para conservar o lead quente. Ou seja, é preciso manter o contato com esse potencial cliente e também com os já fidelizados a fim de seguir entregando conteúdos de valor para eles.

Além do e-mail marketing, outras ferramentas populares podem ser utilizadas dentro de uma estratégia de automação. Uma delas é o remarketing, o qual exige a definição de um fluxo de reenvio das ofertas de modo a se tornar um lembrete ao usuário.

Com essa ação, o interesse é mantido e fica mais fácil encaminhá-lo para a compra. Tudo isso deve ser feito evitando ao máximo ser agressivo, já que esse fator pode gerar o efeito contrário e fazer com o cliente desista do negócio.

5. Contar com ajuda especializada

Contar com ajuda especializada é fundamental para incorporar a automação de marketing e vendas na sua empresa. No entanto, o principal erro de muitos é criar campanhas mal configuradas, o que é um desperdício de tempo e dinheiro, além de comprometer a imagem da sua empresa.

Com o auxílio de uma agência de marketing digital, é possível evitar esses problemas, ficando mais fácil de se obter os resultados almejados. Esse tipo de contratação ajuda a encurtar o caminho, seja na definição de processos, seja na escolha de ferramentas (a plataforma, por exemplo), pois os profissionais da contratada têm mais expertise para fazer as melhores escolhas e utilizar essas técnicas em prol da sua estratégia.

Conforme exposto, a automação de marketing e vendas é uma estratégia capaz de alavancar os seus resultados se for incorporada da maneira certa na sua empresa.

Sabendo disso, convidamos você para entrar em contato conosco e verificar como podemos ajudá-lo nesse processo. Com certeza, temos as soluções ideais para a sua empresa usufruir de todos os benefícios trazidos pela automação de marketing e vendas!