5 motivos para investir em Remarketing

Por Andrei W. Müller, | Categoria: Marketing Digital

Para uma empresa que quer crescer e vender mais, qualquer consumidor em potencial é importante e não pode ser desperdiçado. Usando o remarketing, é possível ir atrás de cada carrinho abandonado ou visitante não-convertido e conquistar essas “vendas perdidas”, aumentando o lucro da empresa.

Se sua empresa sofre com muito desperdício de leads, este post será muito útil. Continue lendo!

O que é remarketing?

Em poucas palavras, remarketing é uma maneira de mostrar pela Internet anúncios específicos para visitantes que estiveram no site da sua empresa em algum momento.

O remarketing funciona de maneira muito simples: cada vez que um usuário entra em um site, a página pode marcá-lo com base no seu comportamento ao instalar um pequeno script em JavaScript no navegador do usuário (que pode retirar isso a qualquer momento).

Com o usuário “marcado”, a empresa só precisa cadastrar as campanhas de remarketing em plataformas de anúncios, como o Google AdWords ou no Facebook.

Por que investir em remarketing?

Agora que já definimos o que é remarketing e como podemos utilizá-lo, vamos ver uma lista com cinco motivos para investir nessa estratégia agora mesmo. Veja só:

1. Converter mais visitantes

Segundo o Kissmetrics, apenas 4% das pessoas que visitam um site ou blog corporativo estão prontos para comprar com a empresa que mantém essa página no ar. Isso significa que 96% dos seus visitantes acabarão indo embora sem comprar nada.

Uma das razões para utilizar o remarketing é poder tentar converter essa grande massa de visitantes que ainda não estava pronta para comprar.

Com essa técnica, é possível direcionar anúncios e conteúdos personalizados para esses visitantes com base no comportamento que tiveram no site e aumentar o número de conversões obtidas.

2. Construir reconhecimento da marca

Como já vimos que a maior parte das pessoas que visitam o site de uma empresa ainda não estão prontas para comprar, o remarketing pode ser usado também como estratégia de branding. Na verdade, esse é o motivo principal para 43% das empresas que utilizam essa técnica — até mesmo as PMEs!

Com o remarketing, as empresas podem marcar presença ainda no começo da jornada de compra do cliente e se estabelecer como autoridade para o consumidor, fazendo com que eles retornem quando estiverem prontos para comprar.

3. Manter contato com visitantes

O remarketing é uma ferramenta poderosíssima para as empresas que desejam manter contato com um consumidor durante o seu processo de compra.

Essa técnica permite que a empresa possa ir atrás do consumidor tanto em redes sociais como em sites de nicho — para manter uma linha de comunicação aberta.

É possível entregar artigos ou vídeos pensados de maneira personalizada para as necessidades do consumidor onde quer que ele esteja, garantindo assim que ele permaneça em contato com a empresa.

4. Gastar pouco para aumentar vendas

Em termos financeiros, o remarketing mostra-se muito vantajoso também. Estatisticamente, o CPC (custo por clique) dos anúncios dessa estratégia é mais barato do que os cliques em anúncios de links patrocinados, por exemplo.

Além de ter um clique mais barato, é preciso lembrar que trata-se de um consumidor que já mostrou interesse no produto da empresa anteriormente. Portanto, é um cliente em potencial qualificado, e que pode ser adquirido a um custo bem menor do que por meio de outros tipos de anúncios.

5. Fazer cross-sell ou up-sell

Por fim, o remarketing pode ser uma arma poderosa dentro de uma estratégia de cross-sell ou up-sell. Como a empresa pode “marcar” o consumidor, ela pode saber o que ele comprou anteriormente e planejar um anúncio especial com isso em mente.

Pense num petshop que detecta um visitante que comprou comida para gatinhos filhotes. Sabendo que esse cliente tem um filhote em casa, é possível programar anúncios que acompanhem o crescimento do pet ou que ofereçam outros produtos que esse consumidor irá precisar.

Gostou de aprender mais sobre o remarketing? Então deixe um comentário abaixo e conte-nos sobre suas experiências com essa estratégia!