8 tendências do Marketing Digital para 2020

Por Andrei W. Müller, | Categoria: Marketing Digital

8 tendências do Marketing Digital para 2020

Pesquisa por voz, Marketing de Influência, conteúdo em vídeo e podcasts: ao longo de 2019 você já deve ter ouvido falar sobre algumas novidades no Marketing Digital. Assim, para melhorar seus resultados em 2020 é preciso acompanhar as mudanças do público e conhecer as tendências para otimizar suas estratégias.

O Marketing Digital está crescendo e se consolidando cada vez mais como forma de ampliar o alcance de uma marca e se relacionar com os consumidores. No entanto, para criar uma estratégia eficiente é preciso conhecer as tendências e entender como utilizá-las a favor da sua empresa. Por isso, reunimos as 8 principais tendências de Marketing Digital para 2020.

1. Pesquisa por voz

A busca por voz já é uma realidade para grande parte das pessoas que utilizam Alexa, Siri, Cortana ou Google Assistente.

Esta tendência já pode ser percebida em relatórios do Google Ads desde 2016 e está crescendo cada vez mais. De acordo com uma pesquisa da ComScore, em 2020, 50% das buscas serão feitas por voz.

Esse comportamento dos consumidores irá influenciar cada vez mais o Marketing Digital, inclusive o SEO, e as empresas precisam estar preparadas para o chamado voice search engine optimization (VSEO).

Isso acontece porque as buscas por voz têm uma estrutura diferente das buscas por escrito, pois geralmente têm o formato de perguntas, como “Qual a previsão do tempo para hoje?” ou “Quais os restaurantes mais próximos?”, por exemplo.

Além disso, as pesquisas por voz soam muito mais naturais e tendem a ter mais termos do que as buscas por escrito. Assim, é preciso adaptar as estratégias de SEO para garantir o melhor uso das palavras-chave relacionadas ao seu produto ou serviço.

Devido à facilidade deste tipo de busca e da popularização dos assistentes virtuais, a tendência é que a pesquisa por voz cresça em 2020 e nos próximos anos.

Nesse cenário, as empresas que investirem em otimização de acordo com a geolocalização dos usuários e que se dedicarem a dar ao público exatamente o que ele procura irão se destacar da concorrência.

2. Inteligência artificial

Da mesma forma que a pesquisa por voz, a inteligência artificial (IA) já é uma realidade para o Marketing Digital. Atualmente, a forma mais comum de utilizar esse recurso são os chatbots, que auxiliam no atendimento ao cliente e em algumas funções mais básicas de interação.

No entanto, a tendência para 2020 é que a inteligência artificial seja cada vez mais usada no dia a dia, seja para realizar vendas, fechar um negócio, agendar uma consulta ou cumprir outras tarefas.

Dessa forma, é possível automatizar processos e tornar o atendimento ao cliente mais rápido e preciso.

O machine learning e o rápido desenvolvimento de novos recursos permitem que essas ferramentas sejam utilizadas pelo Marketing para entregar a mensagem certa ao usuário certo e no momento certo.

Para e-commerces, por exemplo, a inteligência artificial ajuda a identificar as preferências dos consumidores e melhorar a experiência de compra com base no comportamento de outros visitantes.

Também é possível aprimorar as recomendações, fazer um atendimento integrado a outras ferramentas, detectar possíveis fraudes e muito mais.

3. Marketing de Influência

Com o crescimento de redes sociais como Instagram, YouTube e Facebook nos últimos anos, também surgiram os influenciadores digitais, que ajudam a conectar a marca com o seu público.

Assim, o Marketing de Influência é uma estratégia baseada em uma pessoa com capacidade de influenciar uma grande quantidade de potenciais clientes.

O influenciador pode ter um perfil em alguma rede social com alto número de seguidores ou trabalhar em áreas específicas, como no mercado de moda ou alimentação.

Essa estratégia funciona para muitas marcas que conseguem encontrar os profissionais ideais para divulgar seu produto ou serviço, já que muitas vezes o público prefere ouvir a opinião de alguém em quem confia antes de tomar a decisão de compra.

Além disso, cada vez mais as pessoas estão evitando banners e anúncios e se baseando na opinião de outras pessoas.

Por isso, os consumidores dão mais credibilidade às opiniões dos influenciadores do que ao discurso da marca sobre si mesma.

Ao utilizar essa estratégia e encontrar um influenciador respeitado em seu segmento, a empresa também pode falar diretamente com leads qualificados e interessados no produto ou serviço que está sendo vendido.

Este tipo de anúncio não é intrusivo para o público e ainda tem mais credibilidade para os consumidores, já que os influenciadores são considerados especialistas em suas respectivas áreas e contam com a confiança de potenciais clientes da marca.

Além disso, se as pessoas confiam no profissional, as chances de responder bem à marca aumentam.

Em 2020, a tendência é que cada vez mais empresas utilizem estratégias como o Marketing de Influência para aumentar suas vendas.

4. Conteúdo em áudio e podcasts

Os usuários estão buscando experiências cada vez mais ágeis e eficientes, pois têm pouco tempo para consumir conteúdos completos e com atenção. Essa é uma das explicações para a popularização das buscas por voz e também dos conteúdos em áudio.

Este formato torna o produto mais atrativo para grande parte das pessoas, que podem consumir o conteúdo enquanto realizam outras tarefas e otimizam seu tempo.

O Marketing Digital abrange diversos formatos, inclusive o áudio, que oferece inúmeras possibilidades de conteúdo relevante para os consumidores.

Essa tendência pode ser colocada em prática de diversas formas, desde a inclusão de um player como alternativa à leitura de um texto até a criação de um podcast com conteúdo inédito para clientes ou para pessoas em outros estágios do funil de marketing.

Para conquistar o sucesso com seu produto em áudio, é preciso oferecer conteúdo de valor e com relevância para a audiência.

Além disso, por ser uma oferta gratuita é possível ampliar o seu alcance e fazer com que o usuário se sinta valorizado por ter acesso às informações. Dessa forma, ele recomenda seu produto para outras pessoas e aumenta o alcance orgânico.

O consumo de conteúdo em áudio deve crescer em 2020, mas isso não quer dizer que você deve abrir mão de outros formatos. Os textos para blog, por exemplo, fazem com que seu site seja encontrado pelos mecanismos de busca.

Por isso, você pode criar pautas exclusivas para cada formato ou disponibilizar um texto e um áudio sobre o mesmo assunto, aumentando o alcance e atingindo um novo público.

5. Conteúdo em vídeo

Vídeos gravados, transmissões ao vivo, gravações mais curtas ou mais longas são apenas algumas opções para você ampliar seu alcance na internet.

As plataformas que permitem a publicação de vídeos também são várias: YouTube, Instagram, Facebook, entre outras, possibilitam diversos formatos que podem ser amplamente explorados pelas marcas.

Assim como nos últimos anos, em 2020 o conteúdo em vídeo deve conquistar a atenção dos usuários, que buscam conteúdos cada vez mais dinâmicos e interativos.

Os vídeos são os maiores responsáveis pelo tráfego na internet e, quando utilizados em uma estratégia de Marketing Digital, podem trazer resultados relevantes para a empresa.

Atualmente, não existe mais limite de tempo para vídeos e os objetivos podem ser variados.

Você pode fazer vídeos com a duração necessária de acordo com o seu objetivo, que não precisa ser apenas venda de um produto ou serviço, mas também informativo, de entrevistas, avaliações, depoimentos, demonstração de produtos, branding ou outros temas de acordo com a sua estratégia.

Além disso, os vídeos geram maior engajamento do público e, se forem bem feitos, podem trazer resultados positivos e aumentar as conversões de uma página, blog ou e-mail marketing, por exemplo.

Se você tem um blog, uma boa dica é incorporar vídeos nos textos, tornando-os mais relevantes para o Google e mantendo a atenção do usuário que deseja consumir este conteúdo.

Você também pode transcrever os seus vídeos, o que contribui para o SEO do blog e oferece uma outra opção para os visitantes encontrarem o seu conteúdo.

Assim, para se destacar em meio aos milhares de vídeos que são publicados todos os dias no Youtube, é preciso otimizar o conteúdo para facilitar o trabalho dos mecanismos de busca e, com isso, alcançar mais visualizações.

Nesse sentido, o SEO para Youtube é importante para garantir os resultados dos vídeos na sua estratégia de marketing.

6. Aplicativos de mensagens

Nos últimos anos, os aplicativos de mensagens têm tomado conta do dia a dia da maioria das pessoas em todo o mundo e estão sendo cada vez mais usados para o marketing.

Em 2020, a tendência é que a utilização de chats privados para atendimento e relacionamento com os consumidores se intensifique ainda mais em redes como Twitter, Instagram, Facebook Messenger e até mesmo WhatsApp.

Com a popularidade destes aplicativos, muitas marcas já estão oferecendo aos clientes a inclusão em grupos ou listas de transmissão no lugar das newsletters ou como um novo canal de uma estratégia de Marketing Digital.

Os chatbots já são uma alternativa popular entre as marcas, mas essas plataformas também podem ser utilizadas de outras formas para desenvolver uma comunicação personalizada com os clientes, em alguns casos mais eficiente do que por e-mail.

Dessa forma, o atendimento ao cliente é mais rápido e os consumidores podem enviar mensagens para facilitar a resolução de algum problema específico.

Além disso, muitas pessoas preferem entrar em contato com as empresas por mensagem do que por telefone, seja para fazer um orçamento, tirar uma dúvida ou verificar a disponibilidade de um produto. Por isso, é importante oferecer essa opção para facilitar o contato com os clientes.

A tendência é que esses aplicativos sejam cada vez mais utilizados pelas marcas, já que alguns oferecem inclusive a ferramenta de pagamento.

O WhatsApp já oferece esse recurso em alguns países e em breve irá chegar ao Brasil, por isso as empresas devem estar preparadas para utilizar essas ferramentas e garantir a melhor experiência para o usuário.

7. Personalização

Você já deve ter percebido que grandes empresas como Netflix, Amazon e redes sociais como YouTube, Facebook, Instagram e Twitter trazem conteúdos cada vez mais personalizados com base no seu comportamento e de outras pessoas com interesses parecidos.

O marketing personalizado, ou marketing one-to-one, é voltado a entregar mensagens individualizadas a potenciais clientes no momento ideal.

Essa tendência já está sendo colocada em prática por grandes marcas, mas também pode ser aplicada em negócios menores ou de outros segmentos.

Para isso, é importante conhecer bem o seu cliente e coletar informações relevantes sobre ele para personalizar a experiência.

De acordo com uma pesquisa da Accenture Interactive, 91% dos consumidores dizem estar mais dispostos a comprar com marcas que entregam ofertas e recomendações relevantes aos seus interesses.

Essa estratégia não é novidade, tendo em vista o e-mail marketing, mas a personalização dos conteúdos deve aumentar ainda mais em 2020 e se expandir para outros canais – como os aplicativos de mensagens.

Dessa forma, é possível direcionar as ofertas para os clientes que têm mais chances de adquirir seu produto ou serviço e, com isso, melhorar a experiência do usuário.

8. Busca visual

A busca visual consiste em usar imagens para realizar pesquisas, um recurso cada vez mais frequente em buscadores e com grande potencial para e-commerces.

Essa ferramenta possibilita que uma pesquisa seja feita a partir de uma imagem enviada pelo usuário, que pode ser até um printscreen da tela do celular. A partir disso, os buscadores oferecem resultados semelhantes com base na imagem e na atividade de outras pessoas com interesses similares.

O Google e o Pinterest são dois exemplos de ferramentas com o recurso de busca visual, permitindo que o usuário encontre artigos semelhantes em catálogos de lojas virtuais de forma rápida e fácil.

Para garantir a melhor experiência do usuário e fazer com que os mecanismos de busca encontrem seu site com facilidade, é preciso manter o catálogo atualizado e otimizar o SEO das imagens.

Investir tempo e esforço em escrever title tags e descrições é uma forma de ajudar o algoritmo a entender o que aparece na imagem e relacioná-la às pesquisas feitas pelos usuários, aumentando o tráfego para o seu site.

O recurso da busca visual tem utilidade principalmente para e-commerces, mas também pode ser explorada por sites que oferecem produtos por encomenda e até mesmo serviços.

Para explorar as tendências do Marketing Digital em 2020 e criar as melhores estratégias para a sua empresa, o ideal é contatar uma agência especializada em gerar resultados.

Ao contratar uma agência de Marketing Digital você tem profissionais com diversas especialidades trabalhando em maneiras de melhorar a performance da sua empresa na internet e se destacar da concorrência.

A TNB.Studio é uma agência full-service de Inbound Marketing especializada em atrair e converter novas oportunidades para a sua empresa. Para saber como as tendências do Marketing Digital para 2020 podem ajudar a melhorar seus resultados, entre em contato conosco e agende uma consultoria gratuita.