Design de conversão: como e por que apostar nessa estratégia?

Por Andrei W. Müller, | Categoria: Marketing Digital

Proporcionar uma ótima experiência ao usuário é fundamental para quem deseja ter melhores resultados e enxerga o fortalecimento da presença digital como um dos principais pilares desse processo. Nesse sentido, o design tem uma função muito importante, afinal, ele contribui de forma significativa para gerar essa experiência de qualidade.

Com um design de conversão, é possível passar sua mensagem com mais objetividade e, assim, alcançar os resultados desejados, especialmente o aumento nas conversões. Mais do que uma questão estética, o design é parte importante para as suas ações de venda. Inclusive, quando é bom, pode servir como um “argumento de venda”.

Se a navegação já proporciona uma boa sensação, os produtos e serviços comercializados tendem a ir na mesma linha. É exatamente essa mensagem que um design de qualidade transmite aos visitantes, mesmo que inconscientemente.

Continue a leitura para aprender como e por que investir nessa estratégia, e ver quais são os benefícios gerados pelo uso de um design focado em conversão!

O que é design de conversão?

Antes de ir para aplicação em si, é interessante se aprofundar no conceito de design de conversão. Podemos dizer que o foco principal dessa estratégia é maximizar o alcance de resultados.

Ao direcionar determinadas ações, é possível aumentar o engajamento do usuário e, com isso, facilitar a tomada da decisão esperada. Se você não investir nisso, o potencial cliente não se sentirá tão à vontade na visita ao site da sua empresa e migrará para sites concorrentes.

Por isso, vale citar também que o design de conversão favorece o imediatismo das ações, o que aumenta consideravelmente as chances de realizar vendas ou a ação proposta, pois o usuário não deixará essa decisão para depois. Dentre essas ações propostas, e que vão além da venda, as principais são:

  • visitas;
  • compartilhamentos;
  • curtidas;
  • comentários;
  • e captura de e-mail.

Nesse último quesito, é preciso mencionar a importância de contar com uma landing page otimizada para esse propósito. Quando se tem uma função determinada, fica muito mais fácil criar um design funcional e atrelado aos resultados almejados.

Quais são os benefícios do design de conversão?

Utilizar essa estratégia lhe trará benefícios em vários aspectos. Além de demonstrar mais profissionalismo e destacar os seus produtos, ela trabalha com algo de imenso valor em um processo de vendas: a parte emocional.

conversão tem uma psicologia específica, a qual se baseia em conceitos como urgência e escassez. Isso explica por que frases clássicas como “últimas vagas” e “poucas unidades” ainda funcionam tão bem.

Trabalhar a parte emocional de forma favorável exige criar gatilhos mentais poderosos. E engana-se quem pensa que essa tarefa só pode ser feita por meio da escrita. A parte visual também pode influenciar bastante os fatores emocionais responsáveis pela tomada de decisão.

E o design de conversão não pretere um para usar o outro. Pelo contrário: ele utiliza o que há de mais benéfico tanto na parte escrita como na parte visual para criar a estratégia mais eficiente possível.

Quais são as principais técnicas?

Para entender como criar um design que realmente favoreça a conversão, é fundamental conhecer as principais técnicas utilizadas para esse fim. Veja quais são:

Encapsulamento

Essa técnica é muito conhecida e consiste em encapsular elementos para causar um efeito visual que se assemelha a um túnel. Dentro de um design de conversão, ela pode ser utilizada de várias formas, como nas páginas de captura (tornando-as mais atraentes) ou nas chamadas de ação, em que a parte visual é um elemento decisivo.

O encapsulamento ajuda a direcionar o foco do usuário para um ponto específico, o qual está relacionado com a ação proposta, e evita que a atenção seja dispersada.

Contraste

Eis aqui outra técnica bem conhecida e de fácil aplicação. Trabalhar o contraste no design de conversão exige prudência na escolha das cores, assim como capacidade de fazer essa técnica ganhar o devido destaque.

Em um exemplo claro, vamos supor que o seu site conta com um padrão tradicional e utiliza fontes na cor preta. Se o CTA (Call to Action ou Chamada para Ação) mantiver a mesma linha, será que ele vai conseguir atrair a atenção do leitor? É bem possível que não.

Esse é um caso clássico no qual o uso do contraste é muito bem-vindo. E ele pode ser aplicado em outros elementos do site (como os botões), já que isso também ajuda a deixar determinadas partes da página com mais destaque.

Direcionamento

Usar o direcionamento dentro do design de conversão é trabalhar com elementos visuais que levem o usuário para determinada área escolhida. Ele serve como um guia que conduz o visitante para a ação pretendida.

Setas e linhas direcionais são bons exemplos de elementos que trabalham esse conceito. Por mais que pareçam mecanismos simples, eles são muitos poderosos para fazer com que as pessoas prestem atenção àquela parte específica do conteúdo exposto.

Espaços em branco

Assim como as outras técnicas, ter espaços em branco é importante em um design de conversão, especialmente pela capacidade de direcionar a atenção do visitante de modo específico.

Vamos pegar novamente o exemplo do CTA: imagine deixar um espaço em branco no final do texto e, só depois, colocar a chamada? Com certeza, ficará diferente aos olhos dos usuários e se destacará do senso comum, o que naturalmente favorecerá a conversão.

Quem pode auxiliar na aplicação?

Como vimos, encontrar uma forma sólida para utilizar o design de conversão de maneira funcional exige boa capacidade de escolha e conhecimento técnico. Sendo assim, contar com apoio especializado é uma opção bastante válida.

Uma agência de marketing digital sabe trabalhar todos os conceitos que fazem parte de um design de conversão e alinhá-los de perfeitamente à sua estratégia. Esse é um investimento com excelente custo-benefício e capaz de ajudar de maneira significativa na obtenção dos resultados almejados.

Você pode fazer essa tarefa por conta própria? Sim, mas vale lembrar que o processo de tentativa e erro demanda tempo e dinheiro — e isso é um fator ruim para quem pretende criar ações com respostas mais imediatas.

Por isso, entre em contato conosco e veja como podemos auxiliar nesse processo. Será um grande prazer construir uma estratégia vitoriosa junto com você!