Entenda como corrigir esses 4 erros de web design no e-commerce

Por Luiz Fernando, | Categoria: Desenvolvimento

O e-commerce é um modelo de negócio já consolidado no meio digital. Por isso, a experiência do usuário precisa ser cada vez mais completa, caso contrário, os resultados buscados não virão.

A regra é simples: se o consumidor não conseguir navegar tranquilamente, vai sair do site e, provavelmente, migrará para a página do concorrente. Mas o que leva a isso? As respostas são variadas, mas erros de web design contribuem de forma significativa para gerar essa má experiência.

Para descobrir quais são esses erros e como corrigi-los, continue a leitura!

1. Falta de proposta de valor

A proposta de valor é um dos elementos essenciais para um e-commerce, que, muitas vezes, acaba sendo negligenciada, o que pode ser fatal para o negócio. É preciso ter, de forma clara, os objetivos do seu e-commerce, como ele pretende atuar, quais são os diferenciais, como promover os seus produtos, entre outros elementos importantes.

Quando não há uma proposta de valor, não há clareza no que se pretende apresentar — fator que vai influenciar no web design e deixar uma lacuna no entendimento dos consumidores.

Como há uma preocupação latente com o que é consumido, um e-commerce que não deixar claro qual é a sua proposta de valor será facilmente descartado.

Para corrigir isso, basta responder algumas perguntas, como as citadas acima, para definir quais são os objetivos do seu e-commerce e como essa proposta de valor será transmitida ao público.

2. Descrição ineficiente do produto ou serviço

Pegando o conceito acima sobre a preocupação acerca do que se consome, um dos fatores que ajudam a entender melhor o produto ou serviço comercializado é a descrição.

Quando há ineficiência nesse ponto, prejudica-se a tomada de decisões e acaba afastando clientes que estavam propensos a realizar a compra.

Para solucionar isso, é importante focar na qualidade da mensagem e criar descrições que, ao mesmo tempo, sejam objetivas e completas.

3. Uso inadequado de imagem

Outro elemento importante para que o consumidor entenda mais sobre o produto é a imagem utilizada para ilustrá-lo. Muitas lojas virtuais pecam nesse conceito de web design e utilizam imagens com baixa resolução, capturadas de forma amadora e que não condizem com a qualidade do produto apresentado.

Para solucionar esse ponto, é essencial utilizar imagens de alta qualidade e que possam mostrar o produto da forma mais aproximada possível da realidade.

4. Ausência de design responsivo

Os dispositivos móveis já representam grande parte dos acessos feitos, o que tornou necessária a utilização de um design responsivo. Porém, algumas empresas ainda deixam de lado essa importância e acabam tendo prejuízos com isso.

A solução para esses casos é simples: refazer o site. O design responsivo é uma tecnologia fácil de ser aplicada a um site, especialmente se tiver nas mãos de uma agência especializada.

Inclusive, as modificações podem ser realizadas sem que haja a necessidade de tirar o site do ar, fazendo com que você não perca vendas e a nova versão possa ser colocada de maneira completa quando estiver pronta.

Seguindo essas dicas, é possível identificar e solucionar rapidamente os principais erros de web design no e-commerce. Por esse motivo, não deixe de analisar o seu site e conferir se algum deles está presente na sua página.

E já que o assunto é e-commerce, que tal alavancar as suas vendas? É simples, entre em contato conosco e descubra como uma estratégia digital consistente pode ajudar nessa missão!