Entenda o conceito de publicidade nativa e suas vantagens no digital

Por marketing, | Categoria: Marketing Digital

Se você não conhece ou não sabe como implantar a publicidade nativa no meio digital, este texto é para você! A seguir, explicamos como funciona esse tipo de publicidade e quais as principais vantagens de implantá-lo no meio digital. Acompanhe!

O que é a publicidade nativa?

É um formato pago de publicidade veiculado de forma nativa em redes sociais. A publicidade nativa aparece no feed dos usuários que fazem parte do público-alvo da empresa.

Incluem-se nesse modelo as publicações patrocinadas no Twitter e no Facebook, assim como as recomendações de conteúdos feitas por plataformas especializadas em descobri-los. Também é possível encontrá-lo em blogposts patrocinados e e-mails.

Muitos profissionais de marketing investem nesse modelo. Isso porque o conteúdo patrocinado se mistura com o material que já é consumido pelos usuários e, além de transmitir mais confiabilidade, garante uma taxa de cliques maior.

Por mais que seja um conteúdo que faz sentido no meio em que é inserido, é importante que ele seja identificado como publicidade. Isso ocorre por meio de avisos no próprio material ou de um marcador adicionado pela rede social ou site em que ele é veiculado.

Um estudo da Forrester Research indica que líderes de marketing gastarão mais de US$ 103 bilhões no segmento até 2019. Boa parte desse montante deve ir para publicidade em sites de busca, redes sociais e e-mail marketing. 

Quais são os benefícios da publicidade nativa?

O primeiro e mais notável benefício desse tipo de publicidade é que ele não é invasivo. Dessa forma, consegue se adaptar bem ao restante do conteúdo que é apresentado ao usuário.

Além disso, se difere dos banners e painéis publicitários presentes em sites. Esses, muitas vezes, são desconfortáveis por serem muito chamativos e tirarem o foco real da página, que são os conteúdos.

A publicidade nativa não, pois traz conteúdo relevante para o cliente. Por mais que tenham a intenção de vender um produto, esse tipo de propaganda tem um contexto e oferece algum tipo de mensagem ao leitor.

Assim como ocorre em uma estratégia de conteúdo, o foco inicial da publicidade nativa é engajar os usuários. A ideia é que eles cliquem e acompanhem os conteúdos produzidos pela empresa, o que faz que sejam conquistados por aquele material.

Outro benefício é que, geralmente, esse tipo de publicidade não é bloqueado por plug-ins — como o Ad Block — criados para barrar propagandas e banners que atrapalham a experiência do usuário.

Ao conhecer um pouco mais sobre a publicidade nativa e como ela ajuda na retenção de clientes (além de garantir mais engajamento para a empresa), é mais fácil entender a importância de investir nela. Afinal, o objetivo é ter uma gestão de marketing mais completa e com resultados mais animadores.

Além disso, esses anúncios podem ser utilizados para o público pretendido e têm mais chances de engajá-lo. Isso porque, por mais que seja uma propaganda, apresenta um conteúdo útil e de acordo com o que o cliente procura naquele momento.

Gostou deste texto? Então, deixe suas experiências e suas dúvidas sobre a publicidade nativa nos comentários!