Estratégias de marketing para o pós-pandemia

Por Andrei W. Müller, | Categoria: Marketing Digital

Estratégias de marketing para o pós-pandemia

A pandemia do coronavírus representou para o mundo dos negócios um dos maiores desafios dos últimos tempos. Empresas de diversos segmentos precisaram implantar medidas emergenciais para tentar diminuir os impactos da covid-19 e garantir a sobrevivência. Mas será que o mercado de hoje está olhando para o futuro e pensando nas estratégias de marketing pós-pandemia?

O surto de coronavírus que atingiu o mundo nos últimos meses, trouxe uma série de mudanças para o comportamento e hábitos de compra dos consumidores.

Devido à obrigatoriedade da quarentena e do isolamento social como medidas de prevenção contra a propagação da covid-19, o comércio eletrônico ganhou uma maior relevância no dia a dia das pessoas, tornando-se o principal formato de compras dos mais diversos bens de consumo.

Segundo o levantamento da empresa Compre&Confie, as compras online apresentaram um aumento de 71% entre 24 de fevereiro e 24 de maio deste ano em relação ao mesmo período de 2019. Este crescimento representa um faturamento de R$ 27,3 bilhões para o setor de e-commerce.

Com o online ganhando tanta evidência no primeiro semestre de 2020 graças à pandemia, diversas empresas migraram para o digital, buscando uma maior proximidade com o público.

Entretanto, estima-se que no pós-crise o consumidor não seja o mesmo de antes. E mesmo com o varejo físico voltando a funcionar, novos hábitos e comportamentos dos compradores serão mais recorrentes daqui em diante.

Dessa forma, é fundamental que as empresas estejam preparadas para o “novo normal”, e desenvolvam estratégias de marketing pós-pandemia.

Como se preparar para o retorno às atividades?

Em meio às inseguranças decorrentes da pandemia do coronavírus, o retorno gradual das atividades deve ser realizado com cautela. Afinal, ainda não se sabe ao certo o que o futuro reserva para o mercado, a economia e a vida em sociedade.

No novo normal, as marcas precisarão se esforçar para manter a relevância perante o consumidor. E a melhor maneira de fazer isso é conhecer seu público-alvo por completo.

Identificar os gostos e preferências dos consumidores, mapear as necessidades, compreender quem os influencia nas redes sociais, saber divulgar produtos e ofertas no momento certo, bem como realizar cobranças de maneira adequada, serão estratégias essenciais de marketing pós-pandemia.

O retorno às atividades empresariais no novo normal envolverá maior preocupação com fatores como qualidade, entrega e preços, além de maior agilidade por parte das empresas para identificar possíveis concorrentes e promover ações antes deles.

É fundamental que as organizações saibam para quem estão comunicando, qual a mensagem que pretendem transmitir e através de quais ferramentas.

Durante o retorno às atividades, marcas que souberem se adaptar melhor às mudanças serão mais bem sucedidas, desde que saibam se reposicionar em um mundo pós-crise e agir de acordo com uma nova realidade que pede ainda mais humanização no atendimento e contato próximo com o consumidor.

O comportamento do consumidor pós-pandemia

Como mencionamos, as previsões para o futuro pós-pandemia apontam para uma mudança no comportamento do consumidor.

Após a crise, as pessoas estarão ainda mais cautelosas, representando um novo desafio para as empresas tanto na atuação nos pontos de venda quanto na construção de um relacionamento com seu público.

Já em relação às formas de consumo, a aposta é que as compras online continuem em alta mesmo após a pandemia do coronavírus. Afinal, as restrições impostas durante o período de quarentena fizeram do e-commerce uma necessidade que conquistou até os consumidores mais tradicionais e relutantes.

A chegada da covid-19 acelerou uma tendência que vinha se mostrando cada vez mais promissora dentre os consumidores: a valorização de empresas com propósito.

Marcas que possuem um propósito ativo e relevante, e que trabalham para fazer esse propósito acontecer — principalmente em tempos sensíveis —, conquistaram maior atenção do público durante a pandemia.

Nos últimos meses, grandes marcas desenvolveram ações de apoio a comunidades carentes e profissionais da saúde, em uma demonstração de empatia com o próximo.

Perante uma sociedade transformada pelo coronavírus, as manifestações de empatia ainda serão necessárias. Dessa forma, o futuro continuará sendo um momento para as empresas se colocarem no lugar do outro.

O marketing e a pandemia

A pandemia do coronavírus foi considerada por muitos profissionais de marketing como um turning point para o mercado. Afinal, as mudanças provocadas na vida em sociedade e nos hábitos de consumo exigem das empresas um novo posicionamento mais alinhado à realidade.

A partir de agora, as organizações deverão enxergar o consumidor como a peça principal de seus negócios, elaborando ações e campanhas voltadas às necessidades do cliente e aos motivos da compra.

Apesar de não haver estimativas concretas para o futuro, uma coisa é certa: o mundo não será mais o mesmo após a pandemia do coronavírus.

Seja pela crise financeira, a situação do mercado, as incertezas do momento ou até mesmo pelo isolamento social, daqui pra frente as pessoas irão repensar sua relação com o consumo.

Nesse sentido, o marketing se torna uma das principais ferramentas de sobrevivência das empresas no pós-pandemia. Afinal de contas, é preciso demonstrar toda a relevância da marca para os consumidores, bem como garantir as vendas dos produtos/serviços em uma realidade de recursos financeiros reduzidos.

As estratégias de marketing pós-pandemia

Mesmo sendo amplamente utilizado antes da pandemia, até então o marketing digital não era uma realidade presente em muitas empresas. Contudo, após a crise do coronavírus ele se tornará uma necessidade dentro das organizações.

Uma vez que, em um período de aumento significativo nas compras online, estar presente no digital não é mais uma opção para as empresas.

Porém, é importante ressaltar que apenas marcar presença no digital não é sinônimo de resultados. Para isso, é preciso compreender como o universo online funciona, e elaborar as melhores estratégias de marketing para o pós-pandemia.

Empresas que até então não tinham investido no digital se depararam com um situação emergencial durante a pandemia, na qual a migração para o online precisou ser feita em dias ou até mesmo horas, extrapolando o orçamento e trazendo custos que não puderam ser planejados.

Além disso, quem dependia exclusivamente dos canais físicos para realizar suas vendas também precisou se adaptar às pressas e encontrar soluções que nem sempre são as mais adequadas para o ramo de atuação e público-alvo.

Em um período de crise, situações como essas não são nada boas para a saúde financeira de qualquer empresa. Por isso, a melhor saída para as organizações daqui pra frente é investir em ações de marketing digital precisas e alinhadas ao público-alvo e ao momento atual.

Conheça algumas estratégias de marketing para a sua empresa investir no pós-pandemia do coronavírus:

1 – Produção de conteúdo relevante

A produção de conteúdo interessante e criativo é uma maneira efetiva de criar autoridade de marca e fazer da empresa uma referência no assunto.

A partir da elaboração de conteúdos como e-books, vídeos online, podcasts, artigos e webinars, a marca se mantém presente no dia a dia e no imaginário dos consumidores, mesmo em momentos não tão favoráveis ao consumo.

2 – Investimento em Omnichannel

O omnichannel, ou “todos os canais” em tradução literal, é uma estratégia que integra canais online e offline, como sites, whatsapp, redes sociais, call center, e-mail, aplicativo e correios, para ampliar os pontos de contato da marca com o consumidor e facilitar a interação com o público.

No pós-pandemia, o omnichannel proporcionará ao cliente a opção de escolher o canal de interação de sua preferência para realizar a compra.

Além de facilitar o contato do consumidor com a marca, o omnichannel ainda contribui para identificação dos canais que mais atraem público e geram vendas, informação essencial para as empresas.

3 – Monitoramento de dados e das mídias digitais

O monitoramento de campanhas e a mensuração das estratégias será ainda mais necessário após a pandemia.

Afinal, os profissionais de marketing precisam ter acesso a informações precisas sobre tráfego, conversões e engajamento para ajustar as campanhas e substituir o que não funciona, buscando assim sempre o melhor resultado.

Monitorar as mídias digitais também será fundamental para as ações de marketing daqui pra frente. É preciso que as empresas saibam o que os usuários falam sobre a marca, os concorrentes e o mercado em geral.

A sua empresa está preparada para o futuro pós-pandemia?

A melhor maneira de manter o crescimento do seu negócio durante a retomada das atividades é contar com o auxílio de um time de especialistas em estratégias de marketing digital.

A TNB.studio é uma agência de brandig e marketing digital focada em atrair e converter novas oportunidades para o seu negócio, através da produção de conteúdo de qualidade para os mais diversos canais online, como site, redes sociais e blog.

A equipe de profissionais da TNB desenvolve as estratégias ideais para o seu negócio, considerando as necessidades específicas da sua empresa.

Com as soluções da TNB.Studio você leva o seu negócio mais longe, marcando presença no universo digital e alcançando resultados mais positivos.

Agende uma consultoria gratuita com a gente e deixe a TNB.studio cuidar da imagem da sua empresa na internet.