Rebranding: a sua marca precisa de um reposicionamento estratégico?

Por Andrei W. Müller, | Categoria: Marketing Digital

O branding é um conceito muito conhecido por quem lida com gestão de marca. Porém, muita gente acha que essa série de ações é definitiva e desconhece a necessidade de fazer um rebranding.

O rebranding é a revisão das estratégias de gestão de marca para se adaptar às mudanças que o mercado apresenta. E com o advento do meio digital e da inovação, essas mudanças acontecem ainda mais rápido.

Por isso, é necessário identificar o momento certo de rever esse posicionamento e fazer o rebranding. Para ajudar sua empresa a identificar os sinais que apontam motivos para fazê-lo, listamos os principais itens merecedores de atenção. Confira abaixo quais são!

Rebranding na prática

Como vimos, o rebranding consiste em um conjunto de ações estratégicas para rever o posicionamento da empresa. Na prática, ele ajuda a redefinir o conceito da marca, a linha de atuação, forma de comunicação, identidade visual e, em muitos casos, até a entrada em um novo nicho de mercado.

Os resultados obtidos nos últimos anos direcionam à necessidade de fazer o rebranding. Se eles estão negativos, essas mudanças precisam ser mais urgentes. Caso os resultados sejam positivos, é preciso construir o rebranding com mais calma para melhorar o que já está funcionando.

Um exemplo clássico de rebranding são as marcas famosas de refrigerante que mudam seu logotipo e lançam novos conceitos de produtos de tempos em tempos. Essa repaginação, inclusive, é um dos segredos para um sucesso tão longínquo.

O crescimento da concorrência, tanto em quantidade como na qualidade das suas ações, também demonstra a necessidade de fazer um rebranding para conseguir superá-los e seguir se destacando em sua área de atuação.

É possível fazer o rebranding em momentos de crise. Quantas vezes já vimos uma ação errada de uma empresa arruinar a imagem dela, o que exige que o rebranding seja feito para não perder mais mercado e, posteriormente, reconquistar seu espaço.

As vantagens do rebranding

Mudanças em larga escala sempre apresentam riscos, por esse motivo é preciso que elas sejam feitas de forma cuidadosa. Quanto isso acontece, as vantagens são imensas.

Dentre elas, podemos citar uma maior aproximação com o público-alvo, o qual muitas vezes pode ser diferente do seu público tradicional; a inovação da marca, mostrando assim que a empresa está focada em oferecer experiências mais alinhadas com os tempos atuais; e, é claro, a obtenção de resultados melhores.

Como fazer o rebranding?

O primeiro passo para fazer o rebranding é realizar uma avaliação interna (processos) e externa (visão do mercado) da sua empresa. Nesse estudo, há algumas perguntas importantes a serem feitas, tais como:

  • de que forma o público enxerga minha empresa?;
  • Algum fator negativo está comprometendo os resultados?;
  • O foco inicial da marca ainda faz sentido?;
  • Os propósitos da empresa estão sendo transmitidos corretamente?.

Mesmo que sejam perguntas simples, as respostas são muito importantes e funcionam como um guia para identificar quais ações precisam ser feitas dentro do rebranding. É importante não omitir nenhum fato na hora de respondê-las, pois nesse momento todos os fatores são relevantes.

Dessas respostas, serão montadas as ações e, a partir disso, será necessário identificar as melhores ferramentas para colocá-las em prática. Vamos supor que sua empresa decidiu focar mais no posicionamento via redes sociais. Será preciso entender como elas funcionam e como tirar proveito desses canais, o que muitas vezes vai exigir contar com ajuda especializada.

Com as ações do rebranding já em prática, o passo final é o monitoramento para avaliar o desempenho delas e também as melhorias que podem ser feitas. Aliás, esse monitoramento constante é uma das características da gestão de marca atual, em razão de o mercado ser altamente mutável e exigir esse tipo de postura.

Você encontrou neste post um verdadeiro guia sobre como montar uma estratégia de rebranding de sucesso. Portanto, não tenha medo de colocar as dicas apresentadas em prática, afinal, elas englobam todos os passos que você precisa realizar para aplicar esse conceito na sua empresa.

E já que falamos em ajuda especializada, que tal conhecer os benefícios de contratar uma agência digital para fazer seu rebranding? Confira mais esse post e surpreenda-se com as vantagens dessa contratação!