Você sabe o que é storytelling?

Por Lucas Rufino, | Categoria: Marketing Digital, Produção de Conteúdo

Você sabe o que é storytelling?

A comunicação é uma disciplina fluida, que existe desde os primórdios da humanidade e não para de evoluir. Quando não existiam meios de comunicação, contar uma história era uma das principais maneiras de repassar o conhecimento.

Apesar de ter se modernizado para o nosso contexto, essa tradição perdura até hoje e está presente até mesmo no contexto corporativo. Afinal, uma história bem contada pode trazer inúmeros benefícios à sua marca e ao seu marketing. Mas você sabe exatamente o que é storytelling?

Para ajudar você a entender esse conceito e a contar a trajetória da sua companhia, falaremos a seguir um pouco mais sobre essa estratégia que veio para ficar!

O que é storytelling?

Em termos gerais, pode-se dizer que storytelling é a arte de contar uma boa história — e quando dizemos “boa”, queremos dizer relevante.

O termo que descreve essa estratégia é relativamente novo e está cada vez mais presente na vida de quem trabalha com comunicação, mas, como já afirmamos, a prática remonta a tempos bem antigos.

Foi por meio das histórias contadas por nossos antepassados, por exemplo, que construímos nossas habilidades de sobrevivência e elaboramos nossa cultura.

Como contar uma história?

Não existe uma receita mágica para contar uma história, mas há alguns fatores que devem estar presentes na construção da sua narrativa.

Na elaboração de sua história, observe a chamada “jornada do herói”, conceito que norteia como a história ocorrerá. Tal jornada é amplamente utilizada por roteiristas e cineastas na produção de filmes como Harry Potter e Star Wars. Veja:

  • o herói vive sua rotina normal, quando de repente recebe um chamado para uma aventura;
  • ele resiste ao chamado (medos, falta de fé ou de autoconfiança);
  • ele encontra um mentor que o leva a aceitar sua missão;
  • o herói enfrenta provações (superação de seus medos ou inseguranças);
  • ele começa a se preparar para uma grande mudança;
  • o herói vence todos os desafios;
  • ele volta para sua vida normal, mas agora é uma inspiração para os demais buscarem a superação.

Como aplicar em minha empresa?

Tudo depende do seu ramo de atuação, do seu produto e da sua história. O mais importante no storytelling é contar por que você faz algo, e não o que você faz. Dessa forma, você será capaz de fortalecer marca demonstrando um propósito.

Podemos citar alguns exemplos de empresas que não apenas vendem seu produto, mas contam o motivo desse produto existir: é o caso da Apple e da Coca-Cola.

A Apple vende uma solução que permite que você faça mais do que antes, com muito mais elegância. Dificilmente você verá um comercial da Apple falando somente sobre as especificações técnicas do produto.

Já no caso da Coca-Cola, em vez de anunciar o produto e dizer para o consumidor comprá-lo, relaciona sua marca a momentos em família, diversão com amigos, festas e alegria, passando uma mensagem que atinge o emocional do seu público.

É importante ressaltar que, ao contar uma história, é preciso ser o mais sincero e verdadeiro o possível, evitando passar por situações desagradáveis — como ocorreu com os sucos Do Bem e com a Diletto —, em que os consumidores descobrem alguma farsa e passam a desacreditar a marca.

No exemplo citado acima, ambas as empresas foram acusadas de propaganda enganosa por não conseguirem trabalhar o storytelling de maneira transparente, criando personagens e fatos que nunca existiram em suas histórias de fundação.

E aí, gostou de entender o que é storytelling ou restou alguma dúvida sobre o assunto? Conte pra gente aqui nos comentários e participe!