Tipos de lead: o que são MQL e SQL e como isso impacta as vendas do seu negócio

Por Luiz Fernando, | Categoria: Marketing Digital, Vendas

Tipos de lead: o que são MQL e SQL e como isso impacta as vendas do seu negócio

A importância da geração de leads em uma estratégia digital já é conhecida pela maioria, porém, muitas empresas não sabem exatamente qual caminho seguir e, especialmente, entender que a qualificação de leads pode ser mais importante do que a própria geração.

Um processo otimizado em relação aos leads é benéfica em vários sentidos, como economia de tempo e dinheiro. Sendo assim, é fundamental saber como investir na qualificação de leads MQL e SQL.

Quer aprender como esses tipos de lead impactam as vendas do seu negócio? Então continue a leitura e confira as explicações abaixo!

MQL

MQL (Marketing Qualified Leads) ou, em português, leads qualificados por marketing, são aqueles que já foram analisados pela equipe de marketing.

Para exemplificar isso, imagine a seguinte situação: uma agência de marketing digital detectou que, para um lead ser considerado qualificado, precisa ser uma empresa de médio ou grande porte, tendo, assim, condições de contratar os serviços oferecidos.

Ao identificar esses potenciais clientes, é necessário partir para uma coleta mais aprofundada de informações. Após isso, já é possível ir além e entrar em um estágio intermediário como a pré-venda.

SQL

SQL (Sales Qualified Leads) ou, em português, leads qualificados por vendas, são aqueles que já passaram pela fase do MQL e entraram no estágio de compra. Vamos supor que a agência de marketing digital citada no tópico anterior identificou uma grande empresa do setor automotivo que precisa repaginar a estratégia digital dela.

Essa etapa ajuda a encontrar ainda mais informações, como o investimento que empresa está disposta a fazer, quais canais de mídia pretende utilizar e se planeja divulgar a marca como um todo ou algum produto específico. Isso leva a concluir que ela precisa de uma agência de marketing digital para conduzir o processo.

Processos de nutrição

Agora que já vimos os tipos de lead é importante entender como qualificá-los de maneira precisa. Essa etapa exige uma estratégia completa que engloba atração, prospecção, processos de nutrição e fechamento da venda.

A melhor forma de realizar isso é usando o tradicional funil de vendas. Veja abaixo como esse processo é feito!

Funil de vendas

Como o próprio nome já supõe, um funil é um processo que contém várias etapas. Elas são topo, meio e fundo do funil.

No topo, temos a fase de conhecer e aprender mais sobre as características do lead. É recomendado produzir conteúdos de qualidade e que sirvam como iscas para os seus prospects. Nessa fase, também é possível descobrir quais os problemas e dificuldades encontradas por esses potenciais clientes.

Como exemplo de formatos de conteúdos que podem ser produzidos nessa etapa, podemos citar blog e newsletter.

No meio do funil, é necessário retirar possíveis objeções das pessoas interessadas e trazer informações mais aprofundadas sobre o produto ou serviço. E-books e posts explicativos são dois exemplos de conteúdos que podem ser gerados nessa fase.

Chegando no topo do funil, temos a etapa onde finalmente a empresa deve propor aos clientes que tomem a ação desejada (compra). Como eles já terão as informações necessárias para decidir, é a hora de fazer a oferta.

As estratégias para ofertas são variadas, elas vão desde a forma de apresentação até as vantagens apresentadas. A qualificação de leads ajuda a criar uma estratégia de persuasão melhor.

Nesse post, você aprendeu sobre os tipos de lead e como realizar a qualificação deles, fator que certamente vai influenciar nas suas próximas campanhas.

E já que estamos falando em vendas, que tal aprender mais sobre a metodologia inbound marketing e como treinar a sua equipe para utilizá-la? Confira este post sobre o tema e descubra tudo sobre essa incrível ferramenta!